top of page
Oyaodé Angência de talentos e divercidade
  • Foto do escritorOyaodé

Para Meu Amigo Branco

Preparem-se para um espetáculo que vai ecoar além das cortinas! A peça “Para Meu Amigo Branco” chega aos palcos do Sesc Belenzinho em São Paulo, trazendo à luz uma história inspiradora e necessária sobre racismo.


Com estreia marcada para março, a peça, baseada no livro homônimo de Manoel Soares, narra a trajetória de Zuri, uma jovem que enfrenta o cruel peso do racismo em sua escola. O enredo mergulha fundo em questões urgentes, confrontando a superficialidade do bullying com a brutalidade do preconceito racial.

O pai de Zuri, vivido por Reinado Junior, lidera a batalha por justiça, desafiando a escola a encarar a verdadeira natureza do problema. O embate ganha novos matizes quando um pai branco, interpretado por Alex Nader, confronta seus próprios preconceitos ao descobrir o envolvimento de seu filho na agressão.

Escrito por Rodrigo França, o texto incita uma reflexão contundente sobre o racismo cotidiano, tecendo diálogos complexos entre personagens brancos e negros. Uma narrativa que transcende o entretenimento, convidando o público a enfrentar as desconfortáveis verdades sobre a sociedade em que vivemos.

“Para Meu Amigo Branco” estará em cartaz de 1 a 24 de março, às sextas e sábados às 21h30, e aos domingos às 18h30, na Sala de Espetáculos I do Sesc Belenzinho.

Os ingressos, a partir de R$ 20,00 (meia), estão disponíveis para compra online, com descontos para credencial plena. A classificação indicativa é para maiores de 14 anos, e a duração do espetáculo é de 80 minutos.

Não perca a chance de fazer parte desse diálogo essencial e impactante sobre racismo e justiça social. Garanta seu ingresso e embarque nessa experiência transformadora!


Com estreia marcada para março, a peça, baseada no livro homônimo de Manoel Soares, narra a trajetória de Zuri, uma jovem que enfrenta o cruel peso do racismo em sua escola. O enredo mergulha fundo em questões urgentes, confrontando a superficialidade do bullying com a brutalidade do preconceito racial.
Para Meu Amigo Branco

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page